O Amor

Cada um ama à sua própria maneira.
E a Vida, quando apreciada de coração aberto e intensamente,
Fará com que o amor se transforme.
E então, brotará um Amor com A maiúsculo:
Um Amor que não adoece, mas Cura.
Um Amor que não prende, mas Liberta.
Um Amor que não julga, mas Aceita.
Um Amor que não enfraquece, mas Fortalece.
Um Amor que não é pesado, mas Leve.
Um Amor que não é superficial, mas Profundo.
Um Amor que não é exclusivo, mas Inclusivo.
Um Amor que não é passageiro, mas Eterno.
Um Amor que não é pensado, mas Sentido em todo seu Ser.
Este é o Amor que eu sinto agora,
E um dia será também o seu Amor!

Saulo Fong


Leave a Reply

Your email address will not be published.

19 − 2 =